Morte às criancinhas

Ontem, um grupo de jovens entre os seus 12-14 anos jogava futebol numa rua (que por sinal, era a minha rua…)

Esse grupo de jovens lançava freneticamente a bola à janela de uma casa. (entenda-se: propositadamente e a toda a força).

Uma senhora de idade vem cá fora e pede aos jovens para terem um pouco mais cuidado (entenda-se: educadamente)

“A Playboy existe para alguma coisa, sabia? Vá mas é ver, e deixe-nos em paz” -> resposta das ditas criancinhas simpáticas, que coitadinhos, jogavam futebol…

As bolas continuam a bater na casa da senhora…

Os jovens riem…

A senhora começa a irritar-se e ameaça chamar a GNR caso não parem de bater com a bola na janela (bater com a bola não soa muito bem, pois não?).

Os jovens sentam-se na rua a chamar a senhora “Então ainda não chamou a GNR? Não temos o tempo todo, estamos aqui nós a espera e ainda nada!”…

Coitadas das nossas criancinhas, que falta de respeito os deixarem ali a espera…

Psicologicamente reprovável…

8 Respostas to “Morte às criancinhas”

  1. Parvo Na Cadeira Says:

    A culpa não é das crianças, os pais põem-nos nas incubadoras aka “infantários” e depois esperam o resultado, não educam os filhos, esperam que outros os eduquem.

    E depois o que é que sai? MERDA!

    Deviam era poder ir logo presos aos 10 anos. E não me venham dizer que putos com 10 anos não sabem o que fazem… vivemos no mundo da informação, eles sabem bem o que está certo ou não.

    Eu por mim tenho tolerância zero a esses bichos -__- .

    Aqueles que me surpreendem pela positiva por outro lado são tratados como pessoas.

  2. psig Says:

    Disseste bem….esses bichos criados em jardins…zoológicos!

    Os pais não ligam, e daqui a uns anos vão ser eles o futuro da nossa sociedade..ou algo muda ou então não sei.

    O que vale é haver essas excepções, mas o pior é que são mesmo isso: excepções.

  3. Bruno Says:

    Isso é na rua onde eu em tempos tambem me fartei de jogar à bola?

    É que no tempo em que eu o fazia, o objectivo era marcar golo na parede (a 90º com a parede da janela) e quando batia na janela, ate fugiamos para não ser-mos caçados…

  4. psig Says:

    LOOOL

    Acho que isso era ali nos cantinhos entre as ruas, isto foi mesmo aqui ao fundo da minha rua.

    E a diferença é mesmo essa…antes fugia-se quando se fazia disparate (e nem era de proposito), agr goza-se e ainda se faz pior…

  5. dunyazade Says:

    E as p*tas das criancinhas não têm pais? A senhora devia ir fazer queixa aos papás, que era como se fazia no “meu tempo”. Havia uma que ia ter com a minha mãe e dizia:
    – Olhe que a sua filha andava lá no monte!
    (Não se devia ir para o monte, mas a malta queria era brincar. Mas o monte era demasiado perto dos miúdos da Torre – maus que nem cobras. Portanto o cuidado era louvável.)
    Deus, como eu odiava essa vizinha.
    Mas assim é que é, porra.
    A senhora – ou outros vizinhos! – que vá ter com os papás e façam queixa. Que merda de educação é que afinal andam a dar às crias?
    E que o digam assim com todas as letras: o seu filho é Muito Mal-Educado!

  6. psig Says:

    Pois…eu nem sei quem são os pais..mas infelizmente calculo que não devam estar muito preocupados, tendo em conta a educação que dão (ou melhor: que não dão) aos filhos…

    As vezes queixavamo-nos desse cuidado a mais (que claro que odiávamos), e nem faziamos nada de grave. Agora os putos fazem o que querem e muitos pais nem têm mão neles..

    Tinham de ter uma lição bem forte pa ver se endireitam…pais e filhos…

  7. morgan le fay Says:

    A questão hoje em dia não passa só por não os educarem, mas também por não admitirem que outras pessoas digam que os filhos são mal educados ou estão a fazer algo. E as crianças sentem-se impunes. Fazem m$#%# e os pais ainda defendem…
    Prisão não digo… achava mais “divertido” o serviço comunitário…

  8. psig Says:

    Serviço Comunitário mesmo a sério (não daqueles para andar a brincar)..que lhes estragasse as férias, e que fossem mesmo obrigados a fazer, era bem pensado era..


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: