Parafilias

Tendo em conta o post anterior, pareceu-me deveras pertinente fazer um muito breve post informativo acerca de algumas parafilias. Poderão consultá-las na DSM-IV-TR

Exibicionismo

  1. Fantasias sexualmente excitantes, impulsos sexuais ou comportamentos recorrentes e intensos, durante um período de pelo menos 6 meses, implicando a exposição dos próprios órgãos genitais a um estranho, de forma inesperada.
  2. A pessoa actuou debaixo destes impulsos sexuais, ou os impulsos sexuais ou fantasias provocam mal-estar clinicamente significativo ou dificuldades interpessoais.

Fetichismo

A. As fantasias, impulsos ou comportamentos sexuais intensos e recorrentes, durante um período de pelo menos 6 meses, envolvimento a utilização de objectos inanimados (por exemplo, roupa interior feminina).

B. A pessoa actuou debaixo destes impulsos sexuais, ou os impulsos sexuais ou fantasias provocam mal-estar clinicamente significativo ou dificuldades interpessoais.

Masochismo Sexual

  1. Fantasias sexualmente excitantes, impulsos sexuais ou comportamentos, recorrentes e intensos, durante um período de pelo menos 6 meses, implicando o acto (real, não simulado) de ser humilhado, agredido, preso ou submetido a qualquer outro sofrimento.
  2. As fantasias, impulsos sexuais ou comportamentos provocam mal-estar clinicamente significativo ou dificuldade no funcionamento social, ocupacional ou noutras áreas.

Sadismo Sexual

  1. Fantasias sexualmente excitantes, impulsos sexuais ou comportamentos, recorrentes e intensos, durante um período de pelo menos 6 meses, implicando o acto (Real, não simulado) em que o sofrimento psicológico ou físico (incluindo humilhação) da vítima é sexualmente excitante para a pessoa.
  2. A pessoa actuou debaixo destes impulsos sexuais, ou os impulsos sexuais ou fantasias provocam mal-estar clinicamente significativo ou dificuldades interpessoais.

Fetichismo Trasvestido

A. Fantasias sexualmente excitantes, impulsos sexuais ou comportamentos recorrentes e intensos, durante um período de pelo menos 6 meses, implicando trasvestir-se.

B. As fantasias, impulsos sexuais ou comportamentos, provocam mal-estar clinicamente significativos ou dificuldade no funcionamento social, ocupacional ou noutras áreas.

Convém especificar neste caso, se há também desconforto com o papel ou identidade de género. (isto é, se se sente bem como homem, ou como mulher, ou preferia virar… ao contrário..)

Voyerismo

A. Fantasias sexualmente excitantes, impulsos sexuais ou comportamentos recorrentes e intensos, durante um período de pelo menos 6 meses, implicando o acto de observar, insuspeitadamente, uma pessoa nua, que se está a despir, ou envolvida em actividade sexual.

B. A pessoa actuou debaixo destes impulsos sexuais, ou os impulsos sexuais ou fantasias provocam mal-estar clinicamente significativo ou dificuldades interpessoais.

(E deixemos a Pedofilia para outra altura…)

Casos aqui chegue e os critérios se preencham… talvez esteja na altura de procurar ajudinha…

Psicologicamente Perturbada…

11 Respostas to “Parafilias”

  1. bluesboy Says:

    Essa dos critérios para exibicionismo… se não for exibição de forma inesperada, perde a piada, duh! Essa gente pá… um tipo quer fazer umas maluquices e tem que avisar primeiro que vai tirar a gabardine, senão é internado… bah! Está mal.

  2. Dunya Says:

    Eu quero é saber sobre a NECROFILIIIAAAA!😀😛🙂

    (Sim, sou saudavelzinha.)

  3. psig Says:

    bluesboy ya lloooooool basta sempre avisar antes “vou mostrar-me”, que já é na boa =D

    Dunya ihihhh pensar no teu caso =DDD

  4. Parvo Na Cadeira Says:

    Isto que eu vou dizer vai parecer super mal… mas a pedofilia é um bocado subjectiva… OK um gajo com 40 anos não pode ter sexo com uma rapariga de 12,mas um homem de 60 anos já pode com uma de 18 (se conseguir rofl).

    Claro que se for sem permissão aí já será sempre condenável seja o intervalo de idades qual seja..

    P.S.: I’m gonna get so flamed…😡

  5. psig Says:

    looooool por algum motivo eu disse que deixava a pedofilia pra depois =D
    =X=X

    ihihh

  6. bluesboy Says:

    @Parvo Na Cadeira: É sempre subjectivo, é certo… mas também há aqui muitas variáveis, como a influência que os pais têm na promoção de comportamentos permissivos dos filhos, o abrir portas para que esses taradões salivantes possam fazer o que lhes dá na real gana, a maturidade da criança (cada vez menos ligada à idade cronológica)… restringir critérios de pedofilía apenas com a idade é um erro, a meu ver.🙂

  7. lunawinter Says:

    eu encaixo-me em todos os perfis, será que devia ser internada?
    LOL

  8. psig Says:

    looooooool isso não te provoca mal-estar, pois não? =DDD

  9. Raquel Moniz Says:

    Acho que podemos ser tarados qb “dentro de paredes” e com isso quero dizer, que desde que respeitemos a velha máxima de que a nossa liberdade termina quando a do próximo começa.

  10. acrisalves Says:

    hum…. lista jeitosa…


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: