Um Novo Restaurante

Abrira um novo restaurante na avenida e a sua colega e amiga convidou-a para o conhecer. Ela achou piada a ideia, sempre gostara de conhecer sítios novos, porque não visitar o novo espaço.

Assim foram até lá. Dois grandes portões vermelhos davam entrada para uma grande sala recheada de mesas e cadeiras de madeira antiga. Era uma sala quadrada com um balcão bastante alto e de vidro, que rodeava duas das suas paredes de um extremo ao outro. Do outro lado do vidro, repousavam o que pareciam ser maravilhosas iguarias culinárias: o chamado frigorifico de doces e frutas. E os preços indicados pareciam também eles, bastante apetecíveis…

Assim que chegaram, a sua amiga dirigiu-se à zona dos pedidos, no balcão, e pediu uma garrafa de água. Pagou e assim que lha deram:

“Vamos?” –> disse-lhe ela, apontando para a saída.

“Então mas…? Não vínhamos almoçar? Viemos a um restaurante comprar água?”

“Ah desculpa, não te perguntei, queres uma garrafa também?”

“Não…queria era almoçar. Isto ainda por cima tem tão bom aspecto.”

“Não te aconselho, a sério…”

“Mas já cá vieste antes, não foi? Não era bom?”

“Isto vai parecer estranho, mas…apesar de te parecer tudo bonito e diferente, todas as comidas têm o mesmo gosto…e…”

“O quê? Mas estás a brincar comigo? Vou pedir um destes bolos…”

“Tu é que sabes…”

Ela assim pediu, o que parecia ser uma fatia de bolo de chocolate com um aspecto magnífico. Mas assim que provou…

“EWWWW, mas o que é isto?” – disse ela, cuspindo o bolo que mordeu.

“Eu avisei…aqui todas as comidas sabem…a carne de porco crua! Os donos dizem que é um sabor a chouriço sempre presente, mas sabe é mesmo a carne de porco crua…”

“Mas…tudo mesmo? Como é possível?”

“Não me perguntes, mas é mesmo..”

“Não pode ser tudo tudo…”

Indignada e incrédula, ela pede uma das pequenas meloas, prova, e tem exactamente a mesma reacção.

“Mas que raio de restaurante é este? Porque viemos aqui?”

“Para conheceres…mas a única coisa aqui que sabe bem, é a água…”

“Ok…vamos embora”

“Ah, mas nunca venhas cá comprar água ao fim-de-semana, nesses dias eles não vendem água”

“Mas para que é que este restaurante existe?”

A amiga encolheu os ombros, e ambas seguiram o seu caminho.

 

(Sonho da noite de 2 Agosto de 2006)

10 Respostas to “Um Novo Restaurante”

  1. Glu Glu, Sou Um Perú! Says:

    okay… I’ll never eat raw porc meat again:\

  2. Parvo Na Cadeira Says:

    É restaurante pra porcos canibais lol

  3. lunawinter Says:

    LOL star! Esses sonhos…

    Eu uma vez sonhei que o meu quarto estava cheio de montes negros, com cada um um par de olhos brancos, tipo gelatina preta com olhos. Eu estava na obscuridade a fitar aqueles olhos e estava morta de medo.

    E depois acordei. Enfim…

  4. psig Says:

    =X

    loooooooooooooooool era gelatina viva, de coca-cola =x

    ahaha

  5. Charlotte_gray Says:

    Somehow, this is bloody creepy!

    Podes sempre tentar fazer uma interpretação e o sonho ser metáfora de qauqluer coisa na vida real.😛

  6. psig Says:

    lool como mtos =D

    não tou mm a ver metafora de que lool

  7. Pedro Miranda Says:

    erm…
    este é complicado. Eu bem queria interpretá-lo, mas é bastante estranho.

    Se eu tivesse esse sonho, perguntar-me-ia em primeiro lugar a que partes de mim correspondiam cada objecto do sonho. Será que há alguma característica em ti que se assemelhe ao restaurante? ou alguma opinião que tenhas de determinado objecto/pessoa?

    Os dois grandes portões vermelhos podem ter algum significado especial. A mim faz-me lembrar um restaurante chinês, mas só tu é que sabes.

    A mim parece-me uma lição de demonstração do que “nem tudo o que parece é” e que a água é transparente e boa.

    Agora… o que é que acontece ao fim de semana para não haver água? =D

    bons sonhos😉

    (comentário patrocinado pela minha análise jungiana amadora)

  8. psig Says:

    LOL tava mesmo a espera que deixasses comment ^^

    Sinceramente não faço mesmo ideia. Acho que há sonhos que são tão rebuscados que nem dá para interpretar muito…

    (por acaso também me fez lembrar um restaurante chines=X)

    Agora os meus sonhos dão lições dessas? loool =D

    mto estranho, mto estranho!

    (se calhar foi pro spam again LOL mas se foir isso é na boa que eu dps meto-o, ja vejo s foi pa la=x) lool

  9. Charlotte_gray Says:

    Oh, eu cada vez mais acho que os sonhos têm um signifcado qualquer (ainda que, normalmente, bastante rebuscado :P). Por algum motivo sonhaste isso e não outra coisa qualquer! Não há-de ser de todo aleatório. Seja como for, acho q é mais fácil ser a própria pessoa a fazer essa interpretação. Às vezes (pelo menos certas partes do sonho) pode até ter a ver com um filme que viste na noite anterior, alguma coisa que queiras fazer no dia seguinte, sentimentos… bem, não sei, tenho a impressão que depois o cérebro mistura tudo.😛

    Agora fazendo uma pseudo interpretação😀 *cof cof*
    (as coisas que me ocorrem quando leio o sonho)

    A questão de as coisas terem um aspecto delicioso e depois saberem todas ao mesmo (e mal) faz-me pensar em alguns sentimentos (que poderás sentir na “vida real” (vida fora dos sonhos) ):
    – decepção em relação a alguma coisa, situação ou pessoa, por não ser exactamente o que esperavas;
    – frustração: basicamente o mesmo, vais com uma expectativa boa e inabalável em relação a algo que acabas por não conseguir atingir. A frustração de não teres o prazer esperado de comer um doce ou uma fruta pode ser símbolo de algo que esperavas e não conseguiste alcançar (ou temes não conseguir) na vida. Aliada a esta frustração está uma certa teimosia. Repara que já sabias que o bolo sabia mal, e tinhas as informações da tua amiga, ainda assim foste à meloa. MASOQUISTA!😛 (mas mostra q és persistente nos teus objectivos😛 lol)

    Ias almoçar e ficaste completamente vidrada pelo aspecto dos doces, acabando por escolher um bolo! GULA😛 Interpretação altamente rebuscada: tens o desejo inconsciente de fazer as típicas dietas de verão e isso entra em conflito com a tua gula imparável😀 o sabor a carne de porco simboliza o teu sentimento de culpa, por cederes à tentação😀 tarannn lol

    A água faz lembrar pureza, saúde, transparência… lamento mas não consigo arranjar nenhuma explicação para a parte do fim-de-semana.😛

  10. psig Says:

    Muitas vezes deve vir de coisas tão banais que nem chegamos a conseguir perceber de onde vêm…e ao ser um misto de muitas pequenas coisas banais, mais confuso se torna.

    LOOL @ interpretação

    A questão do fds, tive a pensar nisso, e talvez seja só o facto de o fds ser sempre (mesmo de férias) diferente do que o resto da semana. Simplesmente a marca da diferença…ou até o desejo para que o fds chegasse rápido lool (os únicos dias, em que, não havendo ali água, poderia ir buscá-la a um sitio normal!) lool

    =)


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: