Prendas e Retribuições: Amor ou Obrigações?

E serve este post para falar sobre prendas. Exacto, aquelas coisas que habitualmente se oferecem quando as pessoas fazem anos, quando é Natal, quando as pessoas se casam, ou simplesmente, quando nos apetece mostrar um gesto de carinho a alguém.
Quantas vezes não se encontraram a uns dias do aniversário de um grande amigo, dos seus pais ou filhos, do namorado ou namorada, etc etc sem saber o que lhe oferecer? E quantas vezes acabaram por oferecer algo que não era bem o que a pessoa queria, mas simplesmente, a única coisa que se conseguiram lembrar? Quantas vezes, e pelo outro lado, não receberam coisas que não serviam para nada e fizeram um sorriso forçado de agradecimento?

E porquê? Porque o mundo inteiro nos cai em cima se não oferecermos nada a determinadas pessoas.

“Então o que te deram?”

“Então o que te deu a X pessoa?

“Então o que compraste para dar à pessoa Y?”

“O quê? Não lhe vais dar nada?”

“Não te deu nada?” (ar surpreso que nos diz: a pessoa não gosta de ti, só pode)

Entrando estas questões nas perguntas inconvenientes que falava no outro dia, a verdade é que sentimos esta obrigação de dar algo, em determinadas datas. Mas são as prendas que nos dizem que alguém gosta de nós? E o resto do ano, não conta? As atitudes dia após dia. Essas sim, nos dizem o que alguém sente ou não por nós.

Quantas vezes não vemos algo que achamos que era a prenda ideal, e não compramos por pensarmos “Guardo para os anos” (isto claro, porque nem todos têm a possibilidade monetária de comprar tudo o que apetecer). E pois é, chega aos anos e aquela prenda deixou de ser a ideal, ou, a pessoa entretanto já a tem… Porque não dar logo? Porque não comprar as coisas quando nos apetece, e não em datas especificas.

O importante em datas festivas deveria ser mostrar que se está presente ao lado da pessoa, mostrar que nos lembramos. Claro que adoramos ver o sorriso de alguém quando lhe oferecemos algo que a pessoa desejava, se for no Natal, óptimo, se for nos anos, óptimo, se for numa outra data qualquer, óptimo na mesma. Mas se vamos dar só porque …”temos de dar”. Será que vale a pena?

Ou ainda a célebre questão da retribuição: Fulano X deu-me prenda nos anos, agora ele faz anos, se calhar também tenho de lhe dar qualquer coisa… Mas pensando bem, a Retribuição tem pano para mangas por um próximo post, porque ela está presente em quase todas as coisinhas da vida, e não só nas prendas.

Pessoalmente, não gosto de coisas “por obrigação”. Penso que ou fazemos as coisas, porque as sentimos, ou mais vale estarmos quietos.

Psicologicamente em fuga das obrigações…

19 Respostas to “Prendas e Retribuições: Amor ou Obrigações?”

  1. Parvo Na Cadeira Says:

    Ou pior: Fulano X deu-me uma prenda que vi que tava no Continente a 20 euros, agoa tenho de lhe comprar uma prenda de 20 euros.. que chatice..:\

  2. psig Says:

    lolololollol!! =D ahah evil mm

  3. lunawinter Says:

    Uma vez deu-me na gana… Ia tar com um senhor Numenor (u know who) e fui comprar umas prendinhas miseras… Algumas delas completadas por handwork e tal.. Simplesmente uma ideia que tive. Mesmo nada de especial…
    E não é que o rapaz meteu na cabeça que me devia uma prenda/retribuição?

    Moral da História: Nunca mais dei prendas a ninguém.😛

  4. ELISABETE CUNHA Says:

    Psig,aqui no Brasil chamamos prendas de PRESENTE ou LEMBRACINHA.Concordo com vc,ás vezes a melhor prenda é saber que podemos contar com o apoio daquela pessoa em qualquer momento da nossa vida.É ouvir e sentir carinho de quem gostamos.Mas se quiser me dar um vestido da Armani,tudo bem!!!!

  5. ELISABETE CUNHA Says:

    Pode ser uma bolsa da Channel,um sapato da Prada,um carro da Ferrari,tudo bem ,eu aceito!!!Não entendam mal, (bricadeirinha!!!!)

  6. Knight Rider Says:

    e apesar de td todos ficam lixados se no natal nao levam prenda se no dia dos namorados nao “acontece nada de especial” se nos anos nao recebem qq coisa.

    Se em datas de importancia como o 1º ano de namoro/data de casamento/data de conhecimento/outra multitudes de coisas tb ficam todos lixados

    moral da historia nunca ninguem esta contente.. e pk nao dar se receberam? se pensaram em vcs pk nao pensar nos outros?

  7. ELISABETE CUNHA Says:

    Creio que lixado deve ser chateado, aborrecido,etc.Eu fico bem lixada quando não lembram do meu aniversário,nem precisa me dar prenda ,basta lembrar!!

  8. ELISABETE CUNHA Says:

    Hoje é dia de eleição no Brasil ,vamos votar para Presidente ,Senador ,Deputado Estadual e Federal.Espero que saibamos acertar nas escolhas e melhorar o Brasil. Essa seria uma prenda fantástica ( Todos os candidatos cumprissem as promessas e acabasse de vez a corrupção) Quero ganhar essa prenda! Estou indo votar!! Um abraço!!

  9. ELISABETE CUNHA Says:

    Hoje é dia de eleições para : Presidente da República, Senador ,Deputado estadual e Federal. A maior PRENDA que nós Brasileiros queremos e merecemos é um país livre de desigualdades sociais e sem corrupção e principalmente que cumpram as promessas de campanha. É só isso que queremos de Prenda , ser valorizados politicamente já é um bom começo. Estou indo agora !!! Um abraço!!!

  10. Knight Rider Says:

    Um pais sem desigualdades sociais ou corrupcao é chamado de utopia. Na existe, e mm se existisse quem é que acreditaria?

  11. ELISABETE CUNHA Says:

    Knight Rider: Acho que tem razão , acabei sendo muito utópica com meus objetivos. Mas seria muito bom que os políticos brasileiros respeitassem sua população , estamos passando por momentos difíceis de corrupção.Obrigada pela observação ! Boa Semana!

  12. acrisalves Says:

    Eu normalmente liberto os meus amigos da “obrigação” de retribuir… dão se quiserem, se puderem, se tiverem tempo. Só peço é que os meus anos os passem cmg. Claro qeu é sempre engraçado ver como algumas prendas originais têm mais a ver connosco do que aquelas qeu são por retribuição forçada.

    ****

  13. psig Says:

    Geralmente os de retribuição forçada não funcionam muito bem =D

    *****

  14. Afrodite Says:

    Quando meu namorado compra algo pra mim ele em seguida dá um jeito de me “fazer” comprar algo para ele, ou seja, me dá um presente e depois cobra de mim, me sinto obrigada a devolver o tal presente á ele, eu detesto isso. Pode ser desde uma bala até uma roupa mais cara que eu gostaria. é muito egoísmo, dar para receber e poder dizer às pessoas que tb ganhou algo…acho que deve ser assim que ele pensa, ou sei lá, apenas para não perder o dinheiro gasto… estou chegando ao meu limite,nao suporto isso. Presente, prenda seja lá o que for, deve ser dado com carinho, o valor é o sentimento que motivou o presente e não o valor monetário ou o “status”. É assim que eu penso.

  15. Flores – Enterros ou Amores! E as Prendas de Natal? « Psicologicamente… Says:

    […] É engraçado notar-se uma maior afluência neste post ultimamente, o que é facilmente justificado pela proximidade do Natal. Nas pesquisas vindas dos google são muitos os que procuram por “que prendas oferecer?”. […]

  16. golfinha Says:

    quando oferecemos uma prenda a alguem realmente nao mostra o que sentimos por ela mas faz com que ela perceba que é uma pessoa especial muito amada e que não nos esquecemos dela…….

  17. moreninha Says:

    esta a xegar o aniverçario do meu namorado e n sei o que dar e so tenho 30 euros na carteira o que faso ????????????


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: