Gajas e Gajos!

Pois é, tenho estado mais ausente daqui do que o habitual, mas nem sempre temos disposição para nos dedicarmos aos blogs, não é?

Hoje volto com um tema muito comum: o sexo! Não o acto sexual, seus depravados, refiro-me mesmo, ao género masculino e feminino (claro que com a conjugação de ambos vamos parar ao sexo, mas isso agora não vem ao caso).

Mais especificamente, gostaria de falar um bocadinho acerca da evolução do estereótipo de “Homem” e de “Mulher”. Se em tempos mais antigos, se catalogava a mulher como a dona da casa, a cuidadora dos filhos, e o homem como o chefe da casa, o responsável por trazer dinheiro ao lar, etc etc, as coisas foram mudando com os tempos. Essa é uma evolução inegável e não são necessários grandes tratados para a exemplificar.

Mas, e no presente, como estão as coisas?

Quem é o homem?

Quem é a mulher?

Se cada vez mais a partilha de tarefas, mesmo as do lar, começam a tornar-se uma realidade, onde se centram agora as diferenças entre os dois géneros?

Poderíamos dizer: Cada vez há menos diferenças, e cada vez mais estamos mais próximos de atingir uma total igualdade.

Mas não me refiro aqui a igualdades, nem a feminismos extremos que a pretendem alcançar. Não me refiro a ser superior, ou a ser mais importante, mas sim às pequenas coisas que continuam a ser mais relacionadas com homens ou mulheres, isto é: a gostos.

  1. Continua a ser referido que os homens gostam muito mais de futebol que as mulheres. (Ainda há pouco tempo assisti ao diálogo entre colegas do sexo feminino que se queixavam deste gosto extremo dos namorados pela “bola”. Ao que concluíam: “Raridade era encontrar um que não gostasse tanto…”). Pessoalmente, conheço vários que não gostam. E várias mulheres que gostam. Mesmo que a percentagem de homens a gostar seja maior que a das mulheres, a verdade, é que esta ideia continua a generalizar-se…
  2. “wow, uma gaja a gostar de anime?”; ou, “wow, uma gaja a gostar de rpg’s?”, ou “wow, uma gaja a adorar ficção científica?”; “wow, uma gaja a ouvir metal?”. As pessoas ainda ficam surpresas quando vêem uma rapariga/mulher a gostar de determinadas temáticas. No entanto, são cada vez mais as que gostam. Sendo temáticas de nichos específicos, naturalmente será mais difícil encontrar pessoas que gostem delas, fora desses nichos (independentemente de serem rapazes ou raparigas).

Mas as diferenças existem, senão não veríamos cursos como os da área de informática, recheados de 90 e tal % de rapazes, e alguns cursos na linha das humanidades com 90 e tal % de raparigas. Não serão estas escolhas de curso, influenciadas pelas próprias percentagens? Escolhas realizadas quando ainda nem sabemos muito bem quem somos e o que queremos. Sem os gostos bem definidos seguimos a direcção da maré, sem sequer colocar outras possibilidades.

Acabamos por gostar do que conhecemos (como poderíamos gostar de algo que nunca vimos?) e só quando conhecemos um número razoável de diferentes coisas é que somos capazes de fazer as nossas escolhas. Isto leva o seu tempo, e está dependente das pessoas que estão à nossa volta, e dos gostos destas pessoas. São as nossas experiências que vão marcando os nossos gostos, e não propriamente o facto de sermos homens ou mulheres…

Psicologicamente feminina…

17 Respostas to “Gajas e Gajos!”

  1. Parvo Na Cadeira Says:

    IGUALDADE!!!!!!!!! =D

    Sua anime lover😡

  2. acrisalves Says:

    “wow, uma gaja a gostar de anime?”; ou, ou “wow, uma gaja a adorar ficção científica?”; “wow, uma gaja a ouvir metal?”.

    Acrescento uma “wow , uma gaja a gostar de ciência?” “wow, uma gaja a gostar de montar coisas?” (ops, duas, ops, that’s me)

    Hum…. os estereótipos, os esterótipos….

  3. psig Says:

    ahahah a montar coisas! pois é, pois é, grande esquecimento esse xD

    A ciência acho que até depende muito do ramo.

    indeed…estereótipos..

  4. Glu Glu, Sou Um Perú! Says:

    “wow, uma gaja a conduzir!?” xD Just kidding.

    Axo bem, Axo que sim!

    Sem os gostos bem definidos seguimos a direcção da maré, sem sequer colocar outras possibilidades. – Quase sempre foi assim, e dificilmente irá mudar (o exemplo do futebol representa bastante bem este ponto, desde miudos que os ‘gajos’ são sugados para dentro desse mundo de ‘coisas de homem’ e lá se vão habituando.

    andavas desaparecida😛 *

  5. ELISABETE CUNHA Says:

    Um grande estereótipo ( pelo menos no Brasil) ” mulher não sabe dirigir direito!”, tudo de errado que acontece no trânsito foi a mulher que provocou!.Engraçado, pensam assim e a cada vez mais mulheres a conduzir,e o melhor seria perguntar: Porque os seguros estão cada vez mais barato para as mulheres?. Eu dirijo meu carro com muito mais cuidado e prudência que muitos homens que adoram gritar “Vai pra casa dona maria!”
    Psig, gostei do retorno! 🙂

  6. elisabetecunha2 Says:

    Onde estará Parvo na Cadeira?

  7. Knight Rider Says:

    gostar de anime e bem comum .. agora se dissesses hentai.. assim sim ainda a quantidade de raparigas que gosta de ver e bem reduzida.

    gostar de rpg’s tb e raro e sempre foi, razao e misterio mas e um facto.

    e a parte de metal e tao hmm “mentira” que na comento.

    as diferencas centram-se no que sempre se centraram.. orgaos reprodutores.

  8. elisabetecunha2 Says:

    K R: Não seja tão radical,as diferenças não se resumem a orgãos sexuais.As diferenças estão entrlinhas, nos olhares, nos cheiros, nos toques, nas conquistas….

  9. Parvo Na Cadeira Says:

    A diferença nos orgãos sexuais dá direito a diferenças nas hormonas que andam aí pelo sangue e portanto o funcionamento cerebral é diferente.

    Queiram ou não, igualdade social, não significa igualdade biológica e mental.

    Mas isso não é uma coisa má, senão fôssemos todos diferentes nada teria interesse.

  10. elisabetecunha Says:

    Concordo, o melhor é sermos diferentes sexualmente, Perderíamos a parte mais gostosa do relacionamento!
    p.s. Que bom Parvo,ler o seu comentário.

  11. Knight Rider Says:

    ok agora que todos concordam cmg passemos para outro topico =)

  12. dancingladybug Says:

    gostava de acrescentar um esteriótipo que estou sempre a ver.
    Uma rapariga que tenha um namorado novo semana sim semana não é uma desavergonhada e oferecida.
    Um rapaz que tenha uma namorada nova semana sim semana não e estiver sempre a gabar-se disso é tolerado e mesmo admirado por todos.

  13. Knight Rider Says:

    na sei ate que ponto é admirado … pelo menos por mim era considerado estupido.

    pode nao ser desavergonhada nem oferecida mas ate que ponto confiarias nela se quisseses andar com ela ? e o mm se aplica ao gajo…

  14. lunawinter Says:

    “wow, uma gaja a gostar de anime?”; ou, “wow, uma gaja a gostar de rpg’s?”, ou “wow, uma gaja a adorar ficção científica?”; “wow, uma gaja a ouvir metal?”.

    Tenho de ver se te acho um link p Ctrl Alt Del. Bem, não interessa, Lilah vai comprar um RPG, i think, uns nerds vêm que o jogo é para ela.. “Will you marry me?”
    😡 Esquece.

  15. Psicologicamente... Says:

    ahah acho que vi esse =X
    xD

  16. Tom Says:

    Acho que é necessário que existam essas diferenças entre homens e mulheres, que exista essa linha ténue, de modo a construirem-se 2 mundos contrastantes, que criam uma curiosidade no sexo oposto, que o leva a aventurar-se, caso contrário não passaríamos de corpos que se arrastam e que possuem diferenças nos orgão reprodutivos

  17. DU0 Says:

    Minha namorada gosta de videogames e sempre joga comigo jogos de tiro, de luta e ocasionalmente de corrida [ela gosta mas eu não…]; ela gosta de futebol e eu não… Vai da criação da pessoa.

    Quanto a o que ainda nos diferencia? Ainda sobram muitas coisas. Uma pessoa não é feita apenas de seus gostos. É onde a feminilidade e a masculinidade entram em ação, pois ainda que ela e eu sejamos MUITO parecidos, podemos tomar decisões MUITO diferentes em determinadas situações.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: