Heroes – Já conhecem a série?

Hoje, e apesar de ser dia, não vos falo dos nomeados para os Óscares. Deixo esse retrato, para ser tirado aqui.

Hoje falo-vos de heróis. Desenganem-se, se pensaram que ia falar do homem-aranha, do super-homem, ou de outros que tais. Desenganem-se, se pensam que esta é somente “mais uma série de super heróis”. Heroes, é uma recente série da NBC, que conta, até ao presente, com 16 episódios (não percam o próximo episódio, porque nós, também não! E quem não viu ainda estes, vá a correr ver!). Pessoalmente nunca fui muito fã das ditas séries/filmes de super-heróis, talvez pelo excesso de “fatiotas” e surrealismo, que ficam perfeitos na Banda Desenhada, mas que no grande ecrã, nos lembram que estamos somente perante ficção, e nunca de realidade. Penso que é nesse ponto, que heroes se distingue: um maior realismo. Uma maior aproximação dos “heróis” com pessoas de carne e osso. Sim…ok, na realidade não andam por ai pessoas com super-poderes, mas é hipoteticamente mais provável surgirem pessoas, iguais às outras, que têm uma determinada capacidade mais desenvolvida que o normal, do que andar por ai alguém a voar com um fato de licra.

Fazendo um breve resumo, para quem ainda não viu nada, e sem spoilar, temos:
1. Um conjunto de pessoas que vão descobrindo que têm, cada uma, um determinado poder.
2. Um geneticista, que tem uma lista dessas pessoas. (sabemos que os poderes, têm origem genética).
3. Um assassino (também ele com poderes?) que vai perseguindo (e matando duh é assassino) essas pessoas.
4. Um pai de uma rapariga com poderes, que estranhamente também procura essas ditas pessoas… (para quê?)
5. Um homem importante, que se encontra de alguma forma interligado com várias das personagens. (Chantageia? Manda matar? Comanda? Quem é ele?)
6. O mundo está em perigo, e alguns dos nossos heróis, têm a missão de o salvar (Quais? Como o vão fazer?)

Um conjunto de tramas, e de poderes, que se vão interligando, e espicaçando a nossa curiosidade. Respostas? Ainda faltam muitas, ainda há muitos episódios a ver.

Vou passar à parte das personagens/super-poderes, logo, esta é a parte dos SPOILERS. Se não viram ainda, perde a piada se lerem isto tudo, ok? Por isso “xô”, vão ver a série e depois voltem.

Claire Bennet – Regeneração Celular (rápida!). Esta, é uma rapariga de 16 anos, “cheerleader” (“La animadora”, como dizem no canal sci-fi espanhol), com a capacidade de se “curar” rapidamente. Vemos esta rapariga a cair de grandes alturas, a queimar-se, a cortar-se, a ir parar a uma mesa de autópsias (e ser de facto autopsiada!), e mesmo assim, rapidamente regenera, se levanta, e vai à sua vidinha. Indestrutível? Quase…No episódio da “Autópsia”, ela “morrera” com um objecto espetado no cérebro. Somente após retirado o objecto, Claire regenera, o que nos faz pensar que com corpos estranhos enfiados no cérebro, ou quiçá, sem cérebro, a menina não irá regenerar… De resto, pode partir-se toda à vontade.

Claire é filha adoptiva de Mr. Bennet, e de Sandra Bennet (aparentemente ambos sem poderes). A sua mãe verdadeira é:
Meredith Gordon: super poder: Piroquinese. (sim, a senhora “cria” fogo com as suas próprias mãos).
E o seu pai verdadeiro é:
Nathan Petrelli: super poder: Voar. (É, um politico importante, à beira de eleições…ah, e voa!). Tem outros dois filhos, dos quais ainda não se sabe se têm poderes.

Nathan Petrelli é irmão mais velho de Peter Petrelli.
Peter tem o que chamam de “Mímica Empática”. Basicamente, tem o poder de copiar os outros poderes. Para tal, basta que esteja perto do dono do dito poder. Inicialmente, julgamos que Peter só consegue “ter” o poder, sempre que esteja perto do dono desse poder, no entanto, com o passar dos episódios percebemos que Peter aprende esses poderes, conseguindo reproduzi-los na ausência da pessoa em questão. Peter necessita de aprender a controlar todos os poderes…

Hiro Nakamura
Super-poder: Manipulação Espaço-Temporal.

Esta é a personagem mais cómica da série, arrancando de nós inúmeras gargalhadas. Trata-se de um japonês, que descobre que consegue teletransportar-se, bem como fazer parar o tempo. Hiro teletransporta-se para o futuro, descobrindo que têm uma missão a realizar: salvar o mundo, que explodirá no futuro: “Save the cheearleader, save the world”.

Podia continuar, mas nunca mais acabava este post. Deixo só uma ideiazinha acerca do “Assassino”: Sylar procura todos os super-heróis, e mata-os. Consegue assim “roubar-lhes” o seu super-poder. Até então, Sylar acumulou poderes como: telequinese; crioquinese; liquefacção, memória fotográfica e uma audição extremamente apurada 😉

Para mais informações e personagens, é ler: Heroeswiki (ou convencer-me a fazer mais posts sobre isto)

Psicologicamente Hiro!

12 Respostas to “Heroes – Já conhecem a série?”

  1. Parvo Na Cadeira Says:

    Ainda bem que paráste a meio, senão nunca mais saías daqui =P

    Também quero uma espada de samurai! =X

  2. Lígia Says:

    humm parece-me bastante interessante!
    só uma dúvida, em que canal é que passa a série? eu n tenho NBC portanto…

  3. Psicologicamente... Says:

    Pois, esse é o lado “mau”.. passa no pc … sacando ou vendo online =/

  4. Diandra Says:

    Adoro Heroes! E adoraria mais ainda ser a Claire. rs

    Save the cheerleader, save the world!

  5. Psicologicamente... Says:

    Não era nada mau ser a Claire não xD

  6. Lígia Says:

    Humm certo… vou então ver se apanho “o fio à meada” que este teu post andou a fazer cócegas na minha curiosidade…

  7. monge_galileu Says:

    E h pa uma serie fantastica…ja vi os dez primeiros episodios e ta demais!!! nao sei quando chega a portugal , mas de certeza que quando chegar vai ser um exito!

  8. Jaqueline de Marco Says:

    Estou acompanhando a série pela Universal… Meu, já me apaixonei e só assisti a 2 episódios! Espero que não se perca como o Lost, que está ficando chato. Adorei o teu resumo, Psicologicamente, foi de muita utilidade. Ficaria feliz se postasse mais vezes deste jeito sobre o Heroes.
    Beijos! E viva, Heroes!

  9. Anime - 6 - Darker Than Black « Psicologicamente… Says:

    […] referência. Este anime, do estúdio Bones, suscitou em mim uma sensação semelhante à série Heroes: O tentar, a cada momento, descobrir quais os poderes das personagens. Confesso que gosto desta […]

  10. Claudia Ruiz Says:

    Sou brasileira e ……Incrível…fui conseguir minhas respostas em um site Português.
    Amei…sou jornalista ” não praticante” rsrs mas pude admirar como vc escreve! SHOWWWW!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: