Quem vos toca à campainha?

Frequentemente, falamos por aqui do fenómeno do “spam” nas nossas caixas de e-mail. No entanto, estes mails que nos incomodam por encher as nossas caixas de correio com lixo, acabam por ser bastante menos incómodos que o spam da vida real, o spam que tem pernas e nos toca à campainha.

Há um tempo atrás, lembro-me de me tocarem à campainha com alguma frequência, três tipos de pessoas: as pessoas que vinham de facto cá a casa (família, amigos, etc); o carteiro (mas esse toca sempre duas vezes…), e os Jeovás! Quem não sabe o que é, ter os Jeovás à porta? E não faço aqui qualquer tipo de critica às crenças religiosas, só critico o quão chato é, ter pessoas a bater-nos à porta com um paleio que não nos interessa. (ou porque não somos religiosos, ou porque temos outras crenças…). Bem, penso que há que respeitar a crença de cada um, ao invés de andar a impingir crenças de porta a porta….digo eu.

No entanto, e felizmente, não me têm batido a porta tantos Jeovás (será que finalmente perceberem que, no que diz respeito a crenças religiosas, não é assim que se angariam pessoas?)

Mas se os Jeovás, se limitavam a aparecer uma ou duas vezes por mês… actualmente, não há dia nenhum, em que o spam não bata a porta, pelos menos umas duas ou três vezes…

Publicidade! E …Publicidade….E…Jornal do Lidl! E….mais Publicidade. E folhetos disto e daquilo. Bem fazem os sítios em que as caixas do correio se encontram no exterior dos edifícios, para que não seja necessário tocar à campainha. Mas quando falamos de prédios, cujas caixas estão no seu interior… a história é outra.

Mas se a publicidade fosse pouca, ainda há quem toque à campainha independentemente de onde estiver a caixa.

Eles são os meninos da PT e das mil e uma variantes telefónicas e afins. E não quer mudar? Mas nós somos mais baratos! E já viu o nosso novo plano de preços? Concordo com a informação, e esta deve estar bem disponível ao consumidor. Mas se tivermos interesse em aderir a algo, procuramos… E sinceramente, há uma grande perda de credibilidade em bater de porta a porta. Passa a imagem de uma cambada de desesperados, que só assim consegue clientes. Para não falar, nos famosos “contos do vigário”, que deixam qualquer um de pé atrás, quando abre a porta a um desconhecido.

Eles são pedintes… meninos com ar drogado, dizendo que estão em reabilitação e precisam de dinheiro. Em troca até passam uma facturazinha. É muito bonito ajudar, e sabemos que é necessário muito apoio para a reabilitação. Mas será fácil que as pessoas se livrem do preconceito de que “drogado = ladrão”, e “ladrão a bater a porta = mau”? Ou pelo menos, que as pessoas não pensem que estão a dar dinheiro para irem comprar mais droga… Ajudar no flagelo da droga é extremamente positivo, mas isto é uma forma fiável?

E depois temos os inquéritos, daquelas firmas estranhas de que nunca ninguém ouviu falar. Pessoas que mal se identificam e nos pedem para responder a umas perguntinhas…

Com tanta pessoa a tocar à campainha pelos mais variados motivos, já repararam na facilidade dos gatunos se fazerem passar por uma destas pessoas… e com isso, conseguírem “muitas portas abertas”?

Não me admiro de passarmos muitas vezes de um “Desculpe, mas não estou interessado”, para não abrir a porta, ou até para “Fod***, desamparem a loja, chatos do cara***”. Muitas vezes, são simplesmente pessoas que arranjaram esta forma de ganhar algum dinheiro, e não têm culpa nenhuma (nem gostam!) do serviço que estão a fazer. E necessitam de uma paciência de santo, para incomodar tanta gente e ouvir tanta má resposta… mas para quem é constantemente incomodado, também haja paciência!

Psicologicamente contra os chatos das campainhas.

PS – E chegam ao cumulo de andar o dia inteiro a tocar nos mesmos sítios até que todos lhe abram as portas. Isto é, estão as pessoas a chegar cansadas do trabalho, e têm aquelas “melgas” à porta. Realmente, haja paciência!

10 Respostas to “Quem vos toca à campainha?”

  1. Parvo Na Cadeira Says:

    E ao 7º dia Deus criou o Homem, e no século 20 o Diabo inventou os telemarketers.

  2. Dextro Says:

    LOOOL o comentário do Parvo Na Cadeira fez-me lembrar que no Hitchhickers Guide há uma cena em que um planeta desfaz-se de todos os seus inuteis enviando-os para outro planeta para o “colonizarem” e esses inuteis são… telemarketers, assistentes de imagem, etc…😆

  3. creme organizado Says:

    Gostei bastante deste teu post😛

    Posso-te dar uma ajudinha

    – Pessoas à porta
    Jeovás: “Desculpe mas estou a fazer o jantar!”
    Netcabo: “Já tenho da concorrência!, obrigado na mesma”
    Citibank: “Sou estudante, não tenho dinheiro.”
    Inquéritos: “Desculpe mas não me permitem ter opinião.”
    Publicidade: “Pode pôr à vontade, desde que não ponha na minha caixa”

    – Telefone
    “O dono da casa não está, só regressa para a semana.”
    “Não estou interessado. Que parte do não estou interessado não entendeu?”

    […]

    Podem parecer respostas um bocado fortes, mas são as que eles pedem, agressivas como os métodos deles.

  4. diarreiasmentais Says:

    realmente!! nunca me tinha ocorrido! o problema do SPAM social!! Porque ainda ninguem inventou um anti-SPAM Social da vida real? Os empresários da noite já tentaram mas…os gigantescos porteiros muito raramente são alvo de updates!
    Bem Postado!

  5. monge_galileu Says:

    LOL axo que apanhas-te bem todos esses xatos que nos tocam as campaínhas…e mormons nunca te apareceram?

    esses são dos melhores pq são americanos e “tentam” falar português…

    de rir!!!

  6. Psicologicamente... Says:

    creme organizado@ É mesmo, tem de ser com respostas dessas, senão insistem =P Isso e a opção de ..não abrir a porta/desligar o telefone na cara =x

    diarreias mentais @ Dava bastante jeito! Ainda há os autocolantezinhos a dizer para não meterem pub nas caixas, ou “Pub só aqui”, mas nem isso respeitam, humpft. Qualquer dia meto um cartaz na porta a dizer que se vieram para pub/inqueritos/afins, escusam de tocar, e podem-se meter a andar=P

    Monge Galileu @ LOOL não, desses nunca apanhei xD

  7. diarreiasmentais Says:

    podemos sempre arranjar um autocolante a dizer “TODA A PUBLICIDADE AQUI! CONSUMISTA IMPULSIVO” e colocar na caixa do correio da chata da vizinha do R/C DTO! Sim essa mesma que tem o caniche de 24 anos, cego de um olho e que rosna irritantemente com tudo o que lhe passa pelo debil olho que lhe resta!

  8. Psicologicamente... Says:

    No r/c dtº salvo seja, que aqui quem mora no r/c dtº sou eu =P

    Mas funciona bem, no meu caso, se disser para colocar nos segundos (um está vazio, o outro tem uma versão parecida dessa do caniche de 24 anos ^^)

  9. Call Center and Blogsvertise « Psicologicamente… Says:

    […] Quantas vezes nos ligam para casa, para isto ou para aquilo? Quantas vezes dizemos “não estou interessado” e desligamos? Isto era um pouco o que vos falava quando mencionei o Quem vos Toca a Campainha? […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: